A Câmara aprovou, nesta terça-feira, 19, o projeto de lei 20/2018, de autoria do Executivo, que dispõe sobre autorização para quitação de encargos financeiros referentes às consignações bancárias dos valores relativos à antecipação da Gratificação Natalina de 2018. Diante da falta de recursos financeiros para o pagamento da primeira parcela do 13º salário, que deveria ocorrer em junho, o município irá custear as despesas bancárias decorrentes da contratação de empréstimo consignado pelos servidores junto ao Banrisul. A quitação dos empréstimos será feita diretamente pela Prefeitura com a instituição bancária até janeiro de 2019.

Segundo o governo, a arrecadação do primeiro quadrimestre ficou em 27% do previsto para o exercício, enquanto as despesas realizadas no período superaram o esperado, especialmente pelos valores de restos a pagar relativos ao ano passado. Os dados apresentados na justificativa do projeto apontam que o montante desembolsado somente de restos a pagar foi de R$ 126.146.085,71. Já as despesas do período somam R$ 385.265.211,06. "Estes resultados têm exigido do município uma readequação do fluxo de despesas com o objetivo de minimizar os efeitos deste desencontro entre arrecadação e despesas”, diz o texto.

 

 

 

Texto: Assessoria de Imprensa

Crédito da foto: Caroline Dias 

 

 

Câmara Canoas

Fale Conosco

Rua Ipiranga, 123 - Centro - CEP 92010-290 - Canoas / RS
Telefone: (51) 3462-4800
Horário: segunda a quinta-feira, das 12h15min às 18h15min e sexta-feira, das 8h às 14h.
protocolo@camaracanoas.rs.gov.br
CNPJ: 89.768.535/0001-10