A Câmara Municipal realizou nesta terça-feira (08), Dia Internacional da Mulher, a 20ª edição do Prêmio Picucha Milanez, concedido pelo Legislativo canoense a mulheres que tenham se destacado em suas áreas de atuação. Onze personalidades foram homenageadas pelos vereadores.

Os parlamentares exaltaram a importância das comemorações alusivas ao Dia Internacional da Mulher e das reflexões proporcionadas pela data. Em seus pronunciamentos, destacaram a trajetória de cada homenageada. Em nome de suas bancadas falaram os vereadores: Cezar Mossini (PMDB), Sidiclei Mancy (PDT), Pedro Bueno (PT), César Augusto Ribas Moreira (PRB), José Carlos Patricio (PSD), Airton Souza (PP), Alexandre Gonçalves (PR), Francisco da Mensagem (PSB) e Betinho do Cartório (PTB). Ivo Lech (PMDB) representou na tribuna o vereador Marcos Ronchetti (PSDB). O presidente da Câmara, Paulo Ritter (PT), um dos autores da lei que instituiu o prêmio, falou em nome da bancada do PPL – ele prestou uma das homenagens em conjunto com o vereador Aloisio Bamberg.

Em nome das homenageadas, a advogada Neusa Maria Rolim Bastos agradeceu pelo reconhecimento. Ao destacar que a luta pelos direitos das mulheres é antiga, salientou que as conquistas ainda são recentes, citando o direito ao voto. "Ao longo dos anos passamos por muitas transformações, mas se analisarmos a história nossas conquistas são recentes, e ainda temos que buscar muito mais”, ponderou.

A solenidade contou com a presença da vice-prefeita Beth Colombo, que comentou em sua fala a importância da data para lembrar as lutas das mulheres por salários compatíveis com a função e qualificação, por espaço profissional e contra as agressões. "A vida da mulher é uma luta permanente", afirmou. Beth destacou ainda a capacidade das mulheres de exercerem o papel de conciliadoras. A mesa também foi composta pela aspirante Rafaela Altoé Pinto, representando o V Comar; capitã Mariza Halberstadt, comandante da 3ª Cia do 15º BPM; Miss Canoas 2016, Angélica Silveira; deputado constituinte Jorge Uequed; pastor Edegar Machado, presidente da Igreja Assembleia de Deus de Canoas. A cerimônia teve a apresentação do músico Welsi Araújo.

A premiação

O prêmio, instituído em 1997, é conferido anualmente pela Câmara Municipal de Canoas. Recebeu o nome Picucha Milanez para homenagear Maria Filomena Rumi Milanez, conhecida como “Vó Picucha”, falecida em 1973.  Uruguaia, nascida em Rivera, em 1888, ela estabeleceu residência onde hoje é o município de Canoas, aos sete anos de idade, juntamente com sua mãe. Aos 19 anos, casou-se com Fioravante Milanez. Picucha se destacou na luta pela construção do Hospital Nossa Senhora das Graças e pelo trabalho em favor de crianças carentes. 

As homenageadas da edição 2016

Carmem Eluiza de Cesare Zanatta – indicada pela bancada do PMDB: Natural de Sertão (RS), professora, mudou-se para Canoas em 1976. Empresária, diretora da Zanatta Corretora de Seguros, fundada em 1991, com atuação no município de Canoas. Possui forte participação na área social, auxiliando várias instituições de caridade. Mantém trabalhos voluntários junto a instituições voltadas ao atendimento de crianças carentes e recuperação de usuários de drogas, entre elas o Desafio Jovem.

Irene Izaura Mancy – indicada pela bancada do PDT: Nascida em Siderópolis (SC), mudou-se aos 12 anos para Canoas. Fundou juntamente com seu marido, Jorge Mancy, o Imperio FC na Vila Cerne, do qual foi a primeira mulher presidente. Foi fundadora das Comunidades Eclesiais de Base e membro da CEBs Santa cruz, da Vila Cerne, por 30 anos, onde coordenou o Clube de Mães. Participou da ocupação do bairro Santo Operário e foi a primeira funcionária de um posto de saúde descentralizado de Canoas, a UBS Vila Cerne, onde trabalhou por 20 anos como auxiliar de serviços médicos.
Fundadora e presidente por cinco mandatos da Escola de Samba Rosa Dourada.

Lourdes Alves da Silva – indicada pela bancada do PT: Formada em Magistério e História, atuou na antiga Escola Zona do Prado, hoje chamada Tereza Francescutti, no bairro Mathias Velho, por dois anos até se aposentar. Foi educadora da rede municipal, tendo ingressado em 1980, e exerceu suas atividades nas escolas Ceará por três anos, Gonçalves Dias por dois anos, João Paulo I por três anos e na Escola Municipal Rui Cirne Lima por 25 anos, onde diretora por 13 anos.

Renata Flores da Silva – indicada pela bancada do PRB: Canoense graduada em Música pela UFRGS, cantora lírica e especialista em Psicomotricidade Relacional. É a mentora, criadora e atual presidente da Associação Legato na cidade, uma ONG que inclui a pessoa com deficiência através da arte. Desde 2000, vem atuando como grande defensora da “Inclusão da Pessoa com Deficiência através da Arte”.

Cerani Vieira dos Santos – indicada pela bancada do PSD: Moradora do bairro Niterói, é funcionária pública desde 1996 na função de professora alfabetizadora, graduada em Pedagogia pela ULBRA. Participou do Projeto Brasil Alfabetizado na Comunidade Getúlio Vargas, no bairro Mathias Velho. Em 2015, concluiu a especialização em Orientação e Supervisão escolar no Unilasalle. Venceu a eleição ao cargo de diretora da EMEF Pernambuco em 2014, assumindo a função no ano seguinte, escola em que atua desde meados de 1998. Participa do Lions Clube Canoas Niterói.

Alessandra Dubles Nascimento – indicada pela bancada do PSDB: Natural de Esteio, reside em Canoas há 13 anos. Há 10 anos desenvolve o trabalho de proteção aos animais desabrigados nas ruas da cidade. Na ONG SOS Animais Canoas, a qual preside desde 2010, os animais são resgatados, cuidados, tratados, castrados e, depois por meio de adoção, ganham um novo lar.

Tania Regina Sarmento dos Reis – indicada pela bancada do PP: Nascida em 18 de maio de 1961, no bairro Harmonia, trabalhou na empresa Iriel, em Canoas, de 1976 a 1978, retornando em 1982 e saindo definitivamente em 1990. Iniciou seu trabalho no Círculo de Oração da Antena por volta de 1997. Em 2007, assumiu a superintendência do Círculo de Oração Campo da Canoas, da Igreja Assembleia de Deus, onde permanece prestando aconselhamentos e testemunhos às mulheres.

Ângela Nilvia Santos Kirsten – indicada pela bancada do PR: Moradora de Canoas há mais de 60 anos e coordenadora do Clube de Mães de Canoas há 49 anos, com um trabalho em prol do crescimento da mulher. Recebeu o prêmio de Mãe do Ano de Canoas em 1991, foi associada destaque do Rio Grande do Sul em 1988, faz parte do Clube de Mães da Igreja N.S. do trabalho, integrou o Conselho de Clube de Mães por oito anos e recebeu o Troféu Conquista do Clube de Mães.

Ivone Alves dos Santos – indicada pela bancada do PSB: Nascida em 24 de setembro de 1939, em Porto Alegre, reside em Canoas desde 1941. Trabalha com a reabilitação de jovens dependentes químicos. Fundadora do "Desafio Jovem de Canoas", em 1979.

Angela Duzac – indicada pela bancada do PPL: Natural de Santiago, reside em Canoas desde 1958. Professora e artesã, foi uma das fundadoras da Assistência Social da Paróquia São Paulo Apóstolo, no bairro Niterói, onde atua desde 1961.

Neusa Maria Rolim Bastos – indicada pela bancada do PTB: Natural de Canoas, foi professora, tendo lecionado no Colégio Maria Auxiliadora, Escola Estadual de 1º Grau Mathias Velho, atual Escola Estadual São Francisco de Assis, e Escola Estadual Visconde do Rio Branco. Formou-se em Ciências Jurídicas e Sociais na Unisinos no ano de 1990. Conselheira estadual da OAB/RS (reeleita na gestão do atual presidente) e ex-presidente da OAB - Subseção Canoas.

Câmara Canoas

Fale Conosco

Rua Ipiranga, 123 - Centro - CEP 92010-290 - Canoas / RS
Telefone: (51) 3462-4800
Horário: segunda a quinta-feira, das 12h15min às 18h15min e sexta-feira, das 8h às 14h.
protocolo@camaracanoas.rs.gov.br
CNPJ: 89.768.535/0001-10